Você sabe ler o rótulo de um alimento?

Uma alimentação saudável é aquela onde deveríamos descascar mais e desembalar menos, mas isso nem sempre é possível na nossa rotina.

A indústria alimentar veio para facilitar e tornar nossas refeições mais práticas, mas nem sempre saudáveis. Por isso a importância de aprendermos a ler os rótulos de alimentos para fazermos as melhores escolhas.

A rotulagem de alimentos é controlada pela Agência nacional de vigilância sanitária (ANVISA) e as indústrias devem seguir algumas regras para informar ao consumidor o que de fato ele está consumindo.

Mas afinal, o que você precisa entender para fazer as melhores escolhas:

1) O rótulo do produto deve ser uma forma de comunicação clara, verdadeira e deve ter o objetivo de orientar o consumidor na hora da compra.

2) A lista de ingredientes é obrigatória. Ela informa exatamente o que contém no produto.

Dica 1: A ordem dos ingredientes deve ser decrescente, ou seja, do ingrediente de maior quantidade no produto para o de menor quantidade.
Dica 2: Quanto maior a quantidade de ingredientes presentes no produto aumentam as chances de consumir um produto de baixa qualidade nutricional.
Dica 3: Evite alimentos que contém corantes, aromatizantes, adoçantes artificiais, glutamato
monossódico, vários tipos de açucares (Xarope de glicose, xarope de frutose, glicose, açúcar invertido,
maltodextrina…)

3) Aprenda a diferença de classificações com diet e light. Você sabia que não é porque um produto é diet
que ele é isento de açúcar?

Diet: é um produto destinado a uma população com necessidades especificas. Esse produto possui
quantidades insignificantes ou é isento de algum nutriente como açúcar, gordura, sódio…
Light: é um produto onde foi reduzido algum nutriente ou caloria em no mínimo 25% quando comparado a versão tradicional.

Dica 1: não é porque um alimento foi retirado a gordura presente de forma natural nele que ele é mais
saudável. (Exemplo: um leite desnatado não é mais saudável que um leite integral)
Dica 2: Cuidado ao comprar alimentos sem açúcar adicionados de adoçantes artificiais. De preferência
aos adoçantes naturais quando necessário (Stevia, Xilitol, Eritritol).

4) Aprenda a ler a tabela nutricional

Entender a informação nutricional é importante para a comparação de alimentos iguais de marcas diferentes e com isso fazer a melhor escolha de acordo com a sua necessidade.

O rótulo do alimento pode ser seu aliado na hora de fazer as suas compras. Por isso a necessidade de entender e colocar em pratica o que aprendeu na hora de comprar. A próxima vez que for ao supermercado gaste um tempo maior para ler e descobrir se a sua opção é realmente saudável.

Lembre-se a autonomia no ato de se alimentar é aprender a fazer as melhores escolhas de acordo com cada momento da sua rotina.

Abraços!

Por: Marina Molinari – Nutricionista parceira do D45 Fitness – Unidade Santa Helena

Related Posts

Comente